usuários online
Quarta-feira, 23 de julho de 2014
Noticias

IEPTB-SP OFERECE serviço sobre protesto no Poupatempo


O Instituto de Estudos de Protesto de Títulos, Seção São Paulo, IEPTB-SP, promoveu o projeto Protesto como Ferramenta de Recuperação de Crédito nos postos do Poupatempo da cidade de São Paulo.

O IEPTB-SP é a entidade da classe representante dos cartórios de protesto do Estado de São Paulo, e tem por finalidade efetuar pesquisa, estudos e desenvolver melhorias na área do protesto. Foi pensando em divulgar essas melhorias nos serviços de protesto e oferecer à população informações sobre o serviço de protesto, que o Instituto esteve com este projeto que tem o apoio do Poupatempo. A campanha teve início em 7 de maio e foi até 21 de maio na unidade do Poupatempo de Itaquera. Depois, seguiu para o Poupatempo de Santo Amaro em 28 de maio e ficou até 11 de junho. O Poupatempo da Sé foi o próximo a proporcionar o evento de 18 de junho a 2 de julho. Do dia 16 de julho, foi a vez da unidade da Luz, que contou com o evento até 30 de julho. Entre os dias 6 de agosto e 20 de agosto o evento ocorreu no Poupatempo Lapa. Durante o evento, o Instituto disponibilizou informações sobre o serviço de protesto para comerciantes e empresários, assim como informações para o envio de protesto eletrônico de duplicatas. Além disso, o Instituto orientou a população na regularização do CPF ou CNPJ em caso de protesto. Durante os 15 dias de evento na unidade do Poupatempo de Itaquera, o Instituto contou com quase 19 mil consultas gratuitas de protesto entre CPF e CNPJ nos aparelhos disponibilizados e entregou mais de 20 mil folders para a população. A maioria das pessoas procurou o órgão para tentar identificar o motivo do protesto, muitas vezes não sabendo de onde surgiu ou até mesmo se surpreenderam quando descobriram que estavam protestadas. A equipe do Instituto orientou e ajudou essas pessoas a regularizar seus débitos protestados. A primeira medida a tomar é saber qual cartório consta o protesto. Para quem não sabe a empresa que protestou, o interessado deve solicitar uma certidão nesse cartório. A certidão consta os dados completos da empresa que apresentou o título e com isso em mãos, a pessoa protestada deve procurar a apresentante e regularizar a situação com a empresa, fazendo o pagamento da dívida ou um acordo. Com isso, o credor fornece o título original ou uma carta de anuência. Este documento deve ser levado no cartório onde o título foi protestado para cancelamento do protesto. Muitas pessoas não sabiam que precisava ser feito o cancelamento do protesto e, apesar de já terem feito o pagamento com o credor, ainda estavam protestadas. Após este evento, que teve início no Poupatempo de Itaquera, muitos interessados descobriram como regularizar sua situação e com isso, poderão recuperar o crédito. O protesto, além de gratuito para o apresentante, (exceto se solicitada a retirada dentro do prazo legal), é rápido, fácil e sem burocracia e é o meio mais eficaz para recuperação de crédito. Mais informações sobre consulta gratuita e sobre como regularizar a situação do CPF ou CNPJ pelo site www.ieptb.com.br; pelo telefone: 3292-8900 ou no próprio Instituto de Protesto - Seção São Paulo,no endereço: Rua da Quitanda, 16, 4º andar, Centro, SP

Portal - IEPTB-SP Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil - Seção São Paulo - Telefone: (011) 3242-2008 - E-mail: portal@ieptb.com.br